sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Como crescer em JESUS CRISTO- Ajudas Adicionais - Parte 3

As escrituras nos mostram que no instante em que confiamos em Jesus Cristo recebemos a vida eterna (Jo 5.24; 6.47; At 16). Mas este passo ainda que tenha significado eterno, deve ser seguido pelo crescimento na fé cristã. Da mesma maneira que se espera que um bebê cresça, aprenda e se desenvolva até chegar a ser adulto, Deus deseja que a nova criatura cresça até alcançar a maturidade cristã. Não seremos perfeitos, mas devemos amadurecer na nova vida cristã. Várias atividades contribuem para nosso crescimento em Cristo Jesus, e entre estas encontramos as seguintes:
1. Lendo a Bíblia

A Bíblia é um livro diferente de qualquer outro, porque é inspirado por Deus. (2Tm 3.16,17). Deus guiou homens escolhidos para escrever sua Palavra sem erros por meio da direção divina do Espírito Santo (2Pe 1.19-21). Portanto, podemos confia na Bíblia como nosso guia, tanto para assuntos da eternidade, como para o tempo presente. A Bíblia nos ensina como amar, conhecer e obedecer a Deus. Também nos instrui acerca da nossa relação com o nosso próximo. Sempre podemos confiar em sua veracidade, sabedoria, relevância, porque Deus mesmo é a sua fonte., e Ele em seu amor sempre nos guia pelo caminho mais excelente . Os seguintes textos os ajudarão a compreender melhor a importância da Bíblia, e o que ela (junto com o poder do Espírito Santo) pode fazer por nós.

· 1Tessalonicenses 2.13 - Por isso nós também, sem cessar, damos graças a Deus, porquanto vós, havendo recebido a palavra de Deus que de nós ouvistes, a recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo ela é na verdade) como palavra de Deus, a qual também opera em vós que credes.

· 2Timóteo 3.16,17 – Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra.

· Hebreus 4.12 – Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.

· Tiago 1.21-25 - Pelo que, despojando-vos de toda sorte de imundícia e de todo vestígio do mal, recebei com mansidão a palavra em vós implantada, a qual é poderosa para salvar as vossas almas. E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. Pois se alguém é ouvinte da palavra e não cumpridor, é semelhante a um homem que contempla no espelho o seu rosto natural; porque se contempla a si mesmo e vai-se, e logo se esquece de como era. Entretanto aquele que atenta bem para a lei perfeita, a da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte esquecido, mas executor da obra, este será bem-aventurado no que fizer.

· 1Pedro 1.22-25 - Já que tendes purificado as vossas almas na obediência à verdade, que leva ao amor fraternal não fingido, de coração amai-vos ardentemente uns aos outros, tendo renascido, não de semente corruptível, mas de incorruptível, pela palavra de Deus, a qual vive e permanece. Por que: Toda a carne é como a erva, e toda a sua glória como a flor da erva. Secou-se a erva, e caiu a sua flor; mas a palavra do Senhor permanece para sempre. E esta é a palavra que vos foi evangelizada.

Estudando á Bíblia - A Bíblia se estuda: Observando: Se observa o que dizem as passagens bíblicas, prestando atenção nos detalhes. Interpretando: se interpreta tendo cuidado que nossa interpretação não contradiga as outras partes da Escritura. (para evitar erros na interpretação devemos ler cada livro da Bíblia desde o principio até o final. Deste modo podemos reconhecer o contexto do que lemos e entendermos melhor o seu significado.)

2. Orando


A oração representa outro aspecto da vida cristã que nos ajuda a crescer em Cristo. Orar consiste em falar com Deus, confessar-lhes os nossos pecados, dar-lhes graças pelo que faz por nós, o deixar saber as nossas preocupações e necessidades e também interceder por outros. É impossível chegar a conhecer a Deus , realizar nossas metas e amadurecer nossa fé sem a oração. Podemos orar em qualquer lugar, a qualquer hora e falar tudo o que ocorre em nossa vida a qualquer momento.

· João 14.13,14 - E tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu a farei.

· Filipenses 4.6,7 - Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças; e a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus.

· Hebreus 4.14-16 - Tendo, portanto, um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou os céus, retenhamos firmemente a nossa confissão. Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. Cheguemo-nos, pois, confiadamente ao trono da graça, para que recebamos misericórdia e achemos graça, a fim de sermos socorridos no momento oportuno.

· Mateus 6.9-13 - Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dá hoje; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores; e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal. Porque teu é o reino e o poder, e a glória, para sempre, Amém. Pois se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós. Porém se não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial não perdoará as vossas.

· Efésios 3.20,21 - Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, a esse seja glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém.
3. Uma nova identidade

A palavra de Deus e a oração são especialmente importantes para aqueles que tomaram o passo de confiar em Jesus Cristo como Salvador, já que todos eles receberam uma nova identidade ao crer, é nascido de novo, pertence à família de Deus e desfruta agora da presença do Espírito Santo. Esta nova identidade como filho de Deus começa a refletir em um novo comportamento que mostra que nossas ações internas e externas para com o próximo, como o mundo e com a sociedade, revelando assim o que Deus fez por nós.
Leia as seguintes passagens Bíblicas que nos ajudam a compreender o que Deus realizou e qual deve ser a nossa resposta para com Ele.

· 1João 3.1-3 - Vede que grande amor nos tem concedido o Pai: que fôssemos chamados filhos de Deus; e nós o somos. Por isso o mundo não nos conhece; porque não conheceu a ele. Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é, o veremos. E todo o que nele tem esta esperança, purifica-se a si mesmo, assim como ele é puro.

· 2Coríntios 5.17 – Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

· Romanos 6.5-14 - Porque, se temos sido unidos a ele na semelhança da sua morte, certamente também o seremos na semelhança da sua ressurreição; sabendo isto, que o nosso homem velho foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado fosse desfeito, a fim de não servirmos mais ao pecado. Pois quem está morto está justificado do pecado. Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos, sabendo que, tendo Cristo ressurgido dentre os mortos, já não morre mais; a morte não mais tem domínio sobre ele. Pois quanto a ter morrido, de uma vez por todas morreu para o pecado, mas quanto a viver, vive para Deus. Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus. Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para obedecerdes às suas concupiscências; nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado como instrumentos de iniquidade; mas apresentai-vos a Deus, como redivivos dentre os mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça. Pois o pecado não terá domínio sobre vós, porquanto não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça.

· 1Pedro 2.9 - Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;

· Efésios 5.8,9 - Pois outrora éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz (pois o fruto da luz está em toda a bondade, e justiça e verdade),
4. A igreja

Nossa relação com Deus e a nova identidade resulta em que formamos parte do corpo de Cristo, que a Bíblia chama a “Igreja”. Ainda que muitas igrejas se reúnem em muitos edifícios ou templos, ela em realidade consiste de todos os que creem em Jesus Cristo com seu Salvador, e são habitados pelo Espírito Santo. Os que formam a igreja são responsáveis para reunir-se para adoração e louvor á Deus, como também para edificação e ajuda mútua. Deus Pai planejou a igreja com Jesus Cristo como a Cabeça e com o Espírito Santo criando a unidade entre seus membros dando-lhes o poder para viver a vida cristã, e repartindo os dons para sua edificação. A meta consiste em chegar a ser como Cristo, compartilhar as Boas Novas da salvação gratuita que Deus nos oferece, fazer discípulos até à sua volta. No seu regresso Ele ressuscitará os cristãos que morreram, transformará os que ficarem vivos e levará a ambos para estar com ele para sempre.

· 1Tessalonicenses 4.15-18 - Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que já dormem. Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.

· 1Coríntios 12.12,13 - Assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros do corpo, embora muitos, formam um só corpo, assim também é Cristo. Pois em um só Espírito fomos todos nós batizados em um só corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos quer livres; e a todos nós foi dado beber de um só Espírito.

· Efésios 2.19-22 – Assim, pois, não sois mais estrangeiros, nem forasteiros, antes sois concidadãos dos santos e membros da família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, sendo o próprio Cristo Jesus a principal pedra da esquina; no qual todo o edifício bem ajustado cresce para templo santo no Senhor, no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito.

· Hebreus 10.23-25 - retenhamos inabalável a confissão da nossa esperança, porque fiel é aquele que fez a promessa; e consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras, não abandonando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.
5.
Batalha espiritual
A batalha espiritual é outra faceta inevitável para o cristão que pertence à igreja genuína de Jesus Cristo. Satanás e os demônios, assim também como a carne e o mundo, se opõem ao cristão trabalhando forte para derrotá-lo na sua vida espiritual em nossa união com Jesus Cristo que nos faz coparticipantes de sua vitória, e estarmos arraigados e fundamentados na Palavra de Deus, que nos arma com a verdade e destrói as mentiras de satanás, sendo fortalecidos com a pessoa do Espírito Santo. Quando reconhecemos o que somos em Cristo, o poder que temos Nele e os recursos dinâmicos da Palavra de Deus podemos alcançar a vitória em nossa vida diária. Também devemos recordar que Satanás foi vencido por meio da morte de Cristo na cruz e sua ressurreição. Qualquer poder que Satanás tenha sobre nós é porque permitimos que ele exerça por causa da incredulidade, desobediência, ou ignorância da Palavra de Deus. As passagens bíblicas seguintes nos instruem acerca da guerra espiritual e os nossos recursos e responsabilidades.

· Efésios 1.15-23 – Por isso também eu, tendo ouvido falar da fé que entre vós há no Senhor Jesus e do vosso amor para com todos os santos, não cesso de dar graças por vós, lembrando-me de vós nas minhas orações, para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê o espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele; sendo iluminados os olhos do vosso coração, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação, e quais as riquezas da glória da sua herança nos santos, e qual a suprema grandeza do seu poder para conosco, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder, que operou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar-se à sua direita nos céus, muito acima de todo principado, e autoridade, e poder, e domínio, e de todo nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro; e sujeitou todas as coisas debaixo dos seus pés, e para ser cabeça sobre todas as coisas o deu à igreja, que é o seu corpo, o complemento daquele que cumpre tudo em todas as coisas.

· Efésios 6.10-18 - Finalmente, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do Diabo; pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniquidade nas regiões celestes. Portanto tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer firmes. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida à couraça da justiça, e calçando os pés com a preparação do evangelho da paz, tomando, sobretudo, o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos.

· Tiago 4.6,7 - Todavia, dá maior graça. Portanto diz: Deus resiste aos soberbos; dá, porém, graça aos humildes. Sujeitai-vos, pois, a Deus; mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós.
· Colossenses 1.13,14 - E que nos tirou do poder das trevas, e nos transportou para o reino do seu Filho amado; em quem temos a redenção, a saber, a remissão dos pecados.

· 1Pedro 5.8-10 - Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar; ao qual resisti firmes na fé, sabendo que os mesmos sofrimentos estão-se cumprindo entre os vossos irmãos no mundo. E o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, confirmar e fortalecer.
6. Mordomia
 
Ainda que o cristão salvo não foi pelas obras, mas foi redimido para fazer as boas obras que Deus preparou para nós. Deus deseja que demonstremos nosso amor para o que Ele nos pede. Isto inclui a mordomia sábia, que dizer usar o tempo, talento e os recursos materiais que Deus nos tem dado de maneira que glorifiquemos a Ele e estendamos a obra de Deus aqui na terra. É parte da nossa responsabilidade ofertar o nosso dinheiro à igreja para ajudar na manutenção dos templos, ajudar os missionários e compartilhar com os pobres, isto também inclui ofertar nosso talento e tempo a Deus para que Ele nos utilize como desejar. A vida eterna é o presente que recebemos somente pela fé em Jesus Cristo. Mas Deus premiará os cristãos fiéis que foram ricos em obediência e boas obras.

· Gálatas 6.9,10 – E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Então, enquanto temos oportunidade, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé.

· Efésios 2.8-10 - Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie. Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes preparou para que andássemos nelas.

· 2Coríntios 9.6-8 - Mas digo isto: Aquele que semeia pouco, pouco também ceifará; e aquele que semeia em abundância, em abundância também ceifará, cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que dá com alegria. E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda boa obra;

· 1Coríntios 3.11-15 – Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. E, se alguém sobre este fundamento levanta um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, a obra de cada um se manifestará; pois aquele dia a demonstrará, porque será revelada no fogo, e o fogo provará qual seja a obra de cada um. Se permanecer a obra que alguém sobre ele edificou, esse receberá galardão. Se a obra de alguém se queimar, sofrerá ele prejuízo; mas o tal será salvo, todavia como que pelo fogo.
Atos 20.35 – Em tudo vos dei o exemplo de que assim trabalhando, é necessário socorrer os enfermos, recordando as palavras do Senhor Jesus, porquanto ele mesmo disse: Coisa mais bem-aventurada é dar do que receber.

7. Espírito Santo

Tudo que se disseram anteriormente nos resultaria impossível realizar sem ajuda do Espírito Santo.
O Espírito Santo é Deus igual com o Pai e o Filho, e, portanto merece o mesmo respeito, a mesma adoração e igual obediência. O Espírito Santo é o que nos batiza no corpo de Cristo, nos sela até o dia da Redenção, habita em nós, nos ajuda na oração a fim de auxiliar-nos nas tribulações, nos ensina a verdade, nos dá dos Espirituais e nos enche de poder a fim de podermos obedecer e agradar a Deus. Ele é também o que nos regenera e nos renova quando confiamos no Senhor Jesus Cristo como Salvador. O Espírito Santo veio para glorificar e testificar a cerca de Jesus convence o mundo, e serve de consolador para os cristãos.

Observe algumas passagens bíblicas:

*Romanos 8.5,6- Os que são segundo a carne inclinando-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. A inclinação da carne é morte, mas a inclinação do Espírito é vida e paz.

*Gálatas 5.22-25- Mas o fruto do espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei. Os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivermos no Espírito, andemos também no Espírito.

*Efésios 1.13,14- É também Nele que vós estais depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação. Tendo nele crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa, o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da propriedade de Deus, em louvor da sua glória.

*Romanos 8.26,27- Da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas. Não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito, porque segundo a vontade de Deus é que intercede pelos santos.

*Efésios 5.18-20- E não vos embriagueis com vinho, em que há devassidão, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo.

*Atos 1.8- Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra.

Devemos recordar que a maturidade cristã se alcança com o tempo, a obediência, e ajuda de Deus e de nossos irmãos na fé. Consiste num processo que se segue logo após a nossa decisão em crer em Jesus Cristo. Nosso crescimento se realizará por toda a vida à medida que tomamos responsabilidades no nosso desenvolvimento cooperando com Deus e obedecendo-Lhe. Na vida cristã se experimentam bênçãos, como também perseguições e tribulações. No próximo seguimento veremos várias situações e problemas que talvez encontremos no processo do crescimento, mas a Bíblia nos orienta e nos direciona para termos a vitória em Cristo Jesus.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...