quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Reflexão: Deixando O Mundo Do Lado De Fora



“Chegai-vos para Deus, e ele se chegará para vós.  Limpai as mãos, pecadores; e, vós de espírito vacilante, purificai os corações” (Tiago 4:8).
“Não é o navio na água mas a água no navio que o afunda.  Da mesma forma, não é o Cristão no mundo mas o mundo no cristão que constitui o perigo.  Qualquer coisa que ofusca a minha visão do Senhor Jesus, ou afasta-me do prazer de estudar a Bíblia, ou paralisa minha vida de oração, ou dificulta o meu trabalho cristão, está errado para mim e eu devo rejeitá-la.” (J.  Wilbur Chapman)
Que lugar tem ocupado o mundo em nossa vida?  O lado externo ou interno?  Temos, como cristãos, repelido todas as armadilhas que o mundo oferece, por mais brilhantes e sedutoras que sejam?  Temos compreendido que o nosso testemunho precisa glorificar, em todos os aspectos, o nome do Senhor?
Muitas vezes cedemos às tentações crendo que o nosso “pecadinho” não terá nenhuma influência em nossa vida espiritual.  Cremos dessa forma e estamos completamente enganados.  Um grande afastamento de Deus começa por um pequeno passo a poucos centímetros dEle!  E quanto mais longe estamos do Senhor, mais difícil se torna o regresso à
Sua presença onde existe amor, carinho e todas as bênçãos de que necessitamos para uma vida abundante, feliz e eterna.
Quando um navio começa a afundar?  Quando tem alguns centímetros de água em seu interior.  Quando um cristão começa a afundar espiritualmente?  Quando um pequeno pecado se instala em seu coração.  Se o comandante obtém sucesso em deter a entrada de água logo no início, o navio se salva.  Se o cristão rejeita o pecado logo que ele tenta encontrar espaço em sua vida, a porta é fechada e ele segue firme glorificando e engrandecendo o nome do Senhor Jesus.
Você pode viver no mundo, mas não o deixe viver em você.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...