quarta-feira, 13 de outubro de 2010

REFLEXÃO: Oração de autoridade

" Se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-te ao mar…”

Pensamos que oração a DEUS deve ser sempre em forma de pedido. Mas, o SENHOR fala aqui de algo bem diferente. Neste versículo específico, ELE não nos insta a falar com DEUS, mas, a dar ordens ao monte. Para não deixemos de considerar isso como oração, o SENHOR explica no versículo 24 que, na verdade, trata-se de uma oração.

Aqui está uma palavra que não é dirigida a DEUS e, contudo, também é oração. Falar ao monte ordenando-lhe que se lance ao mar é oração de autoridade. Oração de autoridade é usar a autoridade a fim de lidar diretamente com o problema e livrar-nos de tudo que precisamos lançar fora.

Se vivemos em obediência a DEUS, se andamos em conformidade com SEUS princípios, somos SEUS embaixadores. Se O reconhecemos como nosso único e suficiente Senhor e Salvador, e vivemos em comunhão com ELE, temos a SUA vida em nós, conseqüentemente temos a autoridade celestial, podemos controlar as questões terrestres por meio do céu. Daí que a oração de autoridade não é pedir diretamente a DEUS; é o aplicar a autoridade de DEUS diretamente à dificuldade. “Tudo que ligardes na terra será ligado no céu e tudo que desligardes na terra será desligado no céu” Mt 18:18. O movimento do céu segue o movimento da terra. Não é pedir na terra, mas, o ligar na terra.

Se JESUS CRISTO é seu dono e é o proprietário da sua alma incondicionalmente, faça tudo que ELE te ordena, inclusive a oração de autoridade que ELE te outorga.

"Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares" (Josué 1:9)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...