quarta-feira, 13 de outubro de 2010

REFLEXÃO- As duas rãs.

"Desde o nascimento do sol até ao ocaso, seja louvado o nome do SENHOR." (Salmos 113 : 3)

( Texto Bíblico Utilizado:1 João 4:8 )

Li em algum lugar a seguinte estória:

“Era uma vez duas rãs que caíram num tacho de creme. A primeira rã, ao ver que aquele líquido branco não dava pé, aceitou seu destino e se afogou. A segunda rã não gostou da perspectiva. Ficou se debatendo no creme e fez o que pode para ficar à tona. Passado algum tempo, aquela agitação toda fez o creme virar manteiga e ela conseguiu pular do tacho.”

Na vida real muitas vezes agimos como uma destas rãs. Eu gostaria de destacar nesta estória alguns princípios que podem transformar as dificuldades da vida em desafios e oportunidades de crescimento.

Quando não estiver satisfeito com as perspectivas, recuse-se a aceitar as circunstâncias negativas da vida passivamente … a velha “resignação”! Pior do que ser derrotado é ser derrotado sem lutar.


Fazer o que pode procurando uma nova e criativa maneira de solucionar o problema em que nos metemos. Sempre existe uma outra maneira de desembaraçar o “novelo da vida”.

Ser perseverante mesmo que demore algum tempo para o “creme virar manteiga”! Na era do instantâneo este é um dos maiores desafios que enfrentamos pois as circunstâncias da vida não podem ser resolvidas com o simples toque de botão.

“Pular para a solução” sem vacilar sabendo que esta é a grande oportunidade de sair do “tacho que afoga”.
Tudo isto tem funcionado na minha vida pessoal com apenas mais um ingrediente que considero insubstituível: O amor de Deus. O Seu amor é tão grande que Ele está interessado em apoiar-nos e livrar-nos de todo e qualquer “tacho de creme” que nos apareça. Deus nos ama incondicionalmente e eternamente porque “DEUS É AMOR”.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...